Falemos da morte… de Lizette Martínez

morte-e-foiceEu penso que as pessoas têm medo da morte porque é um conceito desconhecido e misterioso. muerteTodos morremos e nascemos, porém ninguém sabe o que ocorre depois da morte. Essa incógnita é a fonte de incerteza e medo agigantado da humanidade. A morte é representada como um esqueleto com uma foice, como um vazio preto e frio, como uma imagem diabólica e pouco natural, umas foices que devoram tudo, a destruição final para os parentes que perdem seus seres queridos…

Acho que a morte não é um enigma infinito, nem uma destruição final, nem uma questião de medos.  A morte é outro passo mais o percurso do homem pela terra. Nascemos, vivemos, morremos… Isto é desenvolvimento natural do ciclo humano. A vida está cheia de ângulos opostos; saida , chegada; menino, idoso; homem, mulher; nascimento, morte; saudação, despedida; tristeza, alegria… Morte e vida são um casal e não podemos apreciar um sem o outro. A morte é só um degrau a mais na escada da vida.

A morte é o grande equalizador da humanidade porque chega a pobres e ricos, velhos e jovens, bonitos e feios, saudáveis e doentes.  Todos sabemos que chega, mais ninguém sabe quando chegará… A morte é a única certeza da humanidade; a única verdade absoluta para nós.

puertas-del-cieloangel-of-lightPara alguns a morte é ponto final; para outros é ponto de partida…

Eu não tenho medo da morte, porém espero estar pronta quando chegue a minha hora…

2 thoughts on “Falemos da morte… de Lizette Martínez

¿Qué te parece? Estás de acuerdo, nada que ver, etc.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s